fbpx

Tratamentos de pele no verão. Fique por dentro

Quem disse que não é possível fazer tratamentos de pele no verão? Com a presença do sol por mais tempo e a temperatura mais alta, os cuidados devem ser maiores.

Isso não significa que seja impossível continuar ou até mesmo começar um tratamento estético nesse período.

O primeiro passo é agendar uma consulta com um dermatologista e fazer uma avaliação, considerando seus objetivos e o seu organismo.

Seguir as recomendações médicas antes e depois dos procedimentos é o mais importante para obter sucesso no resultado.

Continue a leitura e confira 6 tipos de tratamento de pele possíveis durante o verão:

Tratamentos de pele no verão: 6 opções de procedimentos que você pode fazer

1 . Peeling

O peeling pode ser recomendado para tratar rugas, manchas, marcas e para deixar a pele mais lisinha, já que estimula a produção de colágeno e ajuda a fechar os poros.

Existem diferentes tipos e, durante o verão, pode ser interessante optar pelos mais superficiais, como o peeling iluminador.

Em geral, eles são indicados para todos os tipos de pele e, ao decidir pelos peelings mais leves, a recuperação tende a ser mais rápida.

2. Laser

Linhas de expressão, cicatrizes, flacidez e manchas, inclusive melasma, podem ser tratadas com laser.

Q-Switched é uma alternativa segura e inovadora, que pode ser utilizada em qualquer parte do corpo, desde que feito por um profissional capacitado.

O laser melhora a qualidade do tecido da pele e, no caso de tratamento de manchas, fragmenta o pigmento, facilitando a eliminação natural pelo organismo.

3 . Preenchimento

O preenchimento é feito com injeção de ácido hialurônico, um composto natural do corpo, que vai diminuindo com o tempo.

O procedimento consiste na reposição com injeção, preenchendo e melhorando o contorno do rosto.

O preenchimento pode ser indicado para tratar o bigode chinês, para melhorar o aspecto das olheiras, dos lábios, das têmporas, entre outros.

4 . Toxina Botulínica

As aplicações de toxina ajudam a prevenir e tratar rugas, suavizando as marcas de expressão, e também é uma excelente alternativa para casos de pessoas que sofrem com excesso de suor (hiperidrose).

No caso das rugas, a toxina é aplicada nas regiões certas com o objetivo de impedir a contração muscular.

O resultado pode ser notado em até três dias e a aplicação pode durar entre 4 e 6 meses.

5 . Microagulhamento

O microagulhamento é um tratamento feito com um aparelho cilíndrico cheio de microagulhas passando sobre a pele.

A ideia é estimular a produção de colágeno, colaborando com o rejuvenescimento, suavizando poros dilatados e melhorando o aspecto de peles com cicatriz de acne.

Com esse procedimento, é possível aplicar substâncias específicas na pele para o tratamento de manchas, inclusive malasma.

6 . Cremes faciais

Os cremes de uso tópico também são permitidos durante o verão e, dependendo do objetivo do seu tratamento, a composição pode ser diferente.

Cremes clareadores exigem um pouco mais de atenção. A solução pode ser passar pelo período mais quente usando uma concentração mais baixa de ácidos, segundo indicação médica, sem descuidar da proteção do rosto, com filtro solar e óculos.

Os antioxidantes são componente favoráveis, já que combatem o envelhecimento e a produção de radicais livres estimulados pela radiação UV.

Eis aí as opções para quem deseja fazer tratamentos de pele no verão. Para saber o melhor para o seu caso, consulte um médico especializado para uma análise mais assertiva. Se esse artigo te ajudou, compartilhe nas redes sociais.