Tratamento a laser para varizes é solução rápida e eficaz

O tratamento a laser para varizes é um dos mais eficientes para resolver o problema que atinge 35% da população brasileira, de acordo com a Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV).

Ele pode ser utilizado sozinho, quando as veias são mais superficiais, ou associado a outras técnicas, quando elas são mais internas ou com diâmetro maior.

Continue a leitura até o final e entenda como é feito o procedimento, além de saber as contraindicações.

Como funciona o tratamento a laser para varizes?

Ao ser aplicado, o que o laser é responsável por aquecer as varizes. O corpo reage com uma inflamação, que fecha a veia doente e resolve o problema.

Depois de aplicado o laser, o tratamento exige que a região seja resfriada. O procedimento é minimamente invasivo, praticamente indolor e não provocar sangramento e nem deixa roxos pelo corpo.

Em geral, as sessões são realizadas uma vez por mês, dependendo do caso e da necessidade.

Antes de começar a usar o laser, é recomendado evitar ao máximo bronzeamento da pele.

Leia Também: Por que mulheres têm mais varizes do que os homens

Contraindicações do uso de laser para cuidar das varizes

Se você apresenta casos de hipertensão, insuficiência cardíaca, febre, inchaço ou qualquer lesão ou problema de pele pelo corpo, o laser pode não ser o melhor tratamento.

O mesmo vale grávidas. Pessoas de tom de pele escuro também precisam ter cuidado e considerar outras formas de tratar as varizes. Isso porque o laser pode queimar a pele.

Outros tipos de tratamentos para varizes

Para as situações em que o tratamento a laser para varizes é contraindicado, existem outras soluções que podem ser interessantes. Confira:

1 . Escleroterapia

A escleroterapia é um tipo de procedimento recomendado para cuidar de varizes superficiais.

Medicamentos específicos são aplicados em cada vaso doente causando uma inflamação nas paredes internas, que fecham impedem a passagem do sangue e resolvem o problema.

Assim como ocorre com o resultado do laser, o fluxo sanguíneo é naturalmente redirecionado aos vasos saudáveis, melhorando o funcionamento do sistema circulatório como um todo.

2 . Cirurgia convencional

A cirurgia convencional é feita após anestesia local e o médico faz incisões quase imperceptíveis para a retirada das varizes, uma a uma.

O resultado é ótimo e, na maior parte dos casos, não há necessidade de pontos. O período pós-operatório é rápido e sem muitas exigências para uma boa recuperação.

3 . Radiofrequência

Com os mesmos princípios do laser, a radiofrequência é outra alternativa de tratamento minimamente invasivo, mas produz efeito térmico nas veias é diferente.

A aplicação faz com que as fibras de colágeno da parede do vaso se encolham e fechem a passagem de sangue.

Leia também: Tratamentos para secar vasinhos

Na hora de decidir pelo melhor tratamento para você converse com um médico angiologista e/ou cirurgião vascular especialista pela Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular.

Se esse conteúdo sobre tratamento a laser para varizes te ajudou de alguma forma, compartilhe pelas redes sociais.