Diferença entre toxina botulínica e ácido hialurônico

Tratamentos para prevenção de rugas ou rejuvenescimento da pele são muito procurados por mulheres – e homens também – e estão cada vez mais acessíveis. As dúvidas sobre procedimentos como a toxina e preenchimento são proporcionais à demanda nas clínicas e consultórios. Afinal, qual é a diferença entre toxina botulínica e ácido hialurônico?

As rugas e linhas de expressão são resultado natural do envelhecimento da pele e da contração espontânea dos músculos do rosto, como quando sorrimos, forçamos a vista ou franzimos a testa.

O surgimento delas pode ser estimulado também pelo uso de cigarro, alimentação e exposição ao sol inadequadas.

Entenda a diferença entre toxina botulínica e ácido hialurônico

 Seja para aplicação da toxina botulínica ou preenchimento, a recomendação principal é que você procure um profissional dermatologista ou cirurgião plástico experiente e autorizado para avaliar e fazer as melhores recomendações para cada situação, evitando resultados indesejáveis e até riscos à saúde.

Continue a leitura e descubra a diferença entre toxina botulínica e ácido hialurônico.

Toxina botulínica

A toxina botulínica é produzida pela mesma bactéria causadora de botulismo, porém purificada industrialmente e aplicada em uma dose menor.

O que acontece é que a toxina impede a contração muscular na região da aplicação.

A toxina botulínica pode ser indicada para prevenir e suavizar rugas e linhas de expressão e também para tratar suor em excesso.

Vale a pena reforçar a importância da escolha do profissional, já que a indicação dele e o cálculo da dose farão toda diferença no bom resultado. A toxina botulínica em excesso pode deixar a pessoa sem expressão temporariamente.

Faz parte da análise profissional verificar se o paciente tem alergia a algum componente, se ele tem alguma doença ou ingere algum medicamento que seja afetado pela toxina, que não é recomendada também para gestantes.

O resultado começa a ser notado em até 5 dias e dura de 4 a 6 meses. O intervalo entre aplicações na mesma região deve ser de pelo menos 4 meses.

Ácido hialurônico

O ácido hialurônico é produzido naturalmente pelo organismo humano, porém essa produção diminui com o tempo. Ele preenche o espaço intracelular e ajuda a manter a pele hidratada e lisinha.

O preenchimento estético é feito com composto de origem animal ou produzido em laboratório. Ele pode ser aplicado de forma injetável ou integrar a formulação de cremes para uso tópico.

O procedimento pode ser recomendado para suavizar as rugas e as marcas da idade, estruturar algumas partes do rosto e deixar a pele mais viçosa.

O ácido hialurônico injetável pode ser usado para melhorar o contorno e repor o volume em regiões específicas do rosto, inclusive dos lábios.

A avaliação médica é importante para verificar possíveis contraindicações.

O resultado é imediato e pode durar de 6 meses a 2 anos, dependendo do caso. O uso de produtos de má qualidade ou a falta de experiência do profissional pode comprometer o resultado.

Aí está a diferença entre toxina botulínica e ácido hialurônico. Se essa informação te ajudou, compartilhe nas redes sociais.