6 tipos de tratamento para secar vasinhos antes do verão chegar

O verão vem aí! Com a temperatura mais alta, ninguém quer deixar de aproveitar a praia ou a piscina por causa de vasinhos e varizes, certo? E nem precisa. O mercado conta vários tipos de tratamento para secar vasinhos e varizes e, dependendo do caso, é mais fácil e rápido de resolver do que parece.

O problema ocorre no sistema circulatório, quando as veias e válvulas venosas não conseguem levar o sangue de volta para o coração. O ciclo começa com o trabalho do coração que, primeiro, envia o sangue para as artérias e elas fazem o trabalho de leva-lo para o restante do corpo. O caminho inverso exige mais do corpo, considerando que ficamos muito mais tempo de pé e sentados.

Conheça as formas de tratamento para secar vasinhos

1 . Escleroterapia com glicose

A escleroterapia com glicose é injetável, pode ser feita em consultório e é indicada para vasinhos com menos de dois milímetros. A aplicação pode conter alta concentração de glicose, que inflama o vaso e junta suas paredes internas, impedindo a passagem de sangue, ou com glicose misturada a outras substâncias, mas que resultam no mesmo efeito. A dor é suportável e não há efeitos colaterais.

2 . Escleroterapia com espuma

Outro tipo de tratamento para secar vasinhos é a escleroterapia com espuma (polidocanol. Também injetável, pode ser feita em consultório, em todos os vasos, inclusive os de grande calibre. O e faz com que a veia feche é também um processo inflamatório. Como no primeiro item da lista, a dor é suportável e não há efeitos colaterais.

3 . Laser

O laser usa energia luminosa para efetuar o mesmo trabalho da escleroterapia, inflamando o vaso e impedindo a circulação. Esse procedimento é recomendado para microvarizes e vasinhos. Em geral, a aplicação pode até ser um pouco mais dolorida que as primeiras. Para amenizar essa sensação de desconforto, é utilizado um aparelho resfriador.

4 . Cirurgia tradicional

Na cirurgia tradicional ocorre a retirada dos vasinhos doentes. Esse é o método indicado quando os mais simples não são suficientes. O médico identifica os vasinhos, corta, retira cada um com uma agulha própria e faz um curativo. Se for necessário operar a veia safena, são feitos cortes na região da virilha e do tornozelo. Nesse caso, é preciso costurar.

5. Cirurgia com endolaser

A cirurgia com endolaser é feita usando uma fibra óptica na veia a ser ressecada. A energia luminosa do laser passa por ela e cauterizando o vaso, sem necessidade de curativos e cortes. O método é indicado para varizes calibrosas, como a da veia safena.

6 . CLaCS (Cryo-laser &  Cryoescleroterapia)

O CLaCS é a opção mais moderna, que une o melhor dos métodos tradicionais com a aplicação de um jato de ar gelado de até -20º C. As veias são contraídas e o desconforto é reduzido, fechando os vasinhos doentes. Para finalizar, aplica-se a glicose em alguns pontos onde a veia não fechou como deveria.

O que achou das dicas de tratamento para secar vasinhos? Agende uma consulta e converse com o seu médico sobre a melhor alternativa para você.